Últimos assuntos
Parceiros














Fórum AG

Tv Digimon

A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Lukas em Ter Set 06, 2011 9:32 pm

Quase todas as pessoas que assistiram Digimon Frontier sabem que os três Digimons arcanjos, tem algo a ver com o cristianismo. O nome de cada um (Seraphimon, Ophanimon e Cherubimon) é derivado de seres relacionados à religião.

Começarei por Seraphimon.

- Seraphimon


Seu nome, obviamente, é derivado de Seraphim.
Em Isaías 6 (veja na Bíblia Online), o seraphim é descrito. Vejam o versículo 2.
Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam.
Olhe uma imagem de Seraphimon:
O que é possível ver? Parecido com o que Isaías descreveu. Duas cobrem seu rosto, duas cobrem seus pés. Se contarmos todas as asas de Seraphimon, não serão seis, porém, obtemos um número relacionado ao cristianismo também. Qual? 14.
Pode ser coincidência, mas Mateus divide a genealogia de Jesus em três grupos de 14 gerações. Além disso, o número 14 é o dobro de 7, o número da perfeição. O sábado é o sétimo dia; Deus fez a Criação em 7 dias; a festa de Pentecostes acontece 7 vezes 7 dias depois da Páscoa... entre outras coisas mais. Você pode ver nesta resposta de um usuário à pergunta "O número sete é considerado o número da perfeição? Porque?" outros motivos para o número sete ser considerado sagrado.

E mais, ainda neste versículo, no início, é citado: "Serafins estavam por cima dele". Provavelmente isto tenha algo a ver com Seraphimon ser o anjo de maior cargo em Digimon.

E clamavam uns para os outros: Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos celestiais. Toda a Terra está cheia da sua glória.
Este pode ser um motivo dele ser escolhido para representar Deus em Digimon. Lá, ele representa a Lei de Deus.

De acordo com a Wikipedia, na mente oriental, coberta os pés denotar humilhação profunda. Será este um dos motivos de Seraphimon ser "humilhado" em Digimon? ^^'

- Ophanimon


Agora continuarei. Comentarei sobre Ophanimon.
O nome Ophanimon é derivado do grego Ophanin (אְוּפַּנים), que, obviamente, significa Ophani/Ofani. Ofanins podem ser chamados de tronos ou erelins. São, no livro de Apocalipse, identificados com os 24 anciãos que se prostram diante de Deus e a Seus pés lançam suas coroas.

De acordo com o Digimon Analyzer da Digimon web, Ophanimon pode também representar Maria (mãe de Jesus).

Estes são os motivos para Ophanimon ser a representante do amor de Deus.

Nas pinturas, ofanins geralmente aparecem com aparência jovial e bonita. E, de acordo com a Wikipédia em português, seu elemento é a terra.
A aparência foi bem explorada por Digimon, mas o elemento não. Poderiam aproveitar que seu elemento é a terra para justificar a responsabilidade pelo espírito da terra em Digimon Frontier, que ficou com Cherubimon.

Já o elemento fogo está sob sua responsabilidade e o vestido branco por trás de sua "armadura" foram uma boa ideia! Veja o capítulo 7, versículo 9 do livro de Daniel na Bíblia:
Eu continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e um ancião de dias se assentou; o seu vestido era branco como a neve, e o cabelo da sua cabeça como lã puríssima; o seu trono era de chamas de fogo, e as rodas dele eram fogo ardente.

- Cherubimon


Cherubimon é derivado do grego Cherubim (כרובים, em Japonês: ケルビム Kerubimu, e em português: Querubim), uma classe de anjos.
De acordo com a Wikipédia em português, um Querubim é uma criatura sobrenatural, espiritual, mencionada várias vezes no Tanach (ou o Antigo Testamento), em livros apócrifos e em muitos escritos judaicos.

No livro de Gênesis, capítulo 3 e versículo 24, o Querubim também é citado.
E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida.

Cherubimon também é um ser de cargo altíssimo. A ideia de colocá-lo num modo maligno, foi, provavelmente, o mesmo do acontecido com Lucifer, que no anime é representado por Lucemon. Lucifer era um anjo de alto cargo no céu, e caiu, devido querer ser superior a Deus. Cherubimon também representa um cargo alto, e "caiu", sendo comandado por Lucemon, que planejava o armagedom com seus servos.

Citaram, no próprio anime, que Cherubimon era um ser bondoso. Porém, ele foi corrompido por Lucemon. O ser "bondoso", em seu modo "Good", é o Querubim citado na Bíblia.
avatar
Lukas
Moderadores
Moderadores

100%
Masculino Mensagens : 1572
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 20
Localização : Brasília, DF, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Takuya em Ter Set 06, 2011 11:22 pm

Ótima análise, mas isso me faz pensar: porque Digimon aborda assuntos tão incomuns, sendo uma franquia voltada ao público infanto-juvenil (na maioria?). Sempre me perguntei isso, desde quando Angemon fez sua primeira aparição em Adventure, e continuo me perguntando até hoje. Além do mais, o Cristianismo não é uma religião muito popular no Japão, não é mesmo? Isso me intriga um bocado.
avatar
Takuya
Administrador
Administrador

100%
Masculino Mensagens : 3464
Data de inscrição : 01/08/2011
Idade : 27
Localização : Spiral Mountain
Mensagem Pessoal : I saw the end of an era with my own eyes. And in truth, I actually do know that it's my turn next.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Lukas em Ter Set 06, 2011 11:30 pm

TakeruTK escreveu:Ótima análise, mas isso me faz pensar: porque Digimon aborda assuntos tão incomuns, sendo uma franquia voltada ao público infanto-juvenil (na maioria?). Sempre me perguntei isso, desde quando Angemon fez sua primeira aparição em Adventure, e continuo me perguntando até hoje. Além do mais, o Cristianismo não é uma religião muito popular no Japão, não é mesmo? Isso me intriga um bocado.

Verdade. Digimon consegue explorar várias culturas diferentes, não querem saber se é popular ou não no país, aliás, Digimon é exibido em vários países, e eles pensam nisso antes de criar a história.

O Cristianismo não é uma religião popular em boa parte do oriente, não só no Japão.

Quando vi na Wikipedia que na mente oriental, "coberta os pés" pode denotar humilhação profunda, fiquei pensando no Cristianismo, que não é bem analisado no Japão. Aliás, poucos sabem da história de Cristo.
avatar
Lukas
Moderadores
Moderadores

100%
Masculino Mensagens : 1572
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 20
Localização : Brasília, DF, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Takuya em Ter Set 06, 2011 11:34 pm

Engraçado que orientais não-cristãos parecem compreender e conhecer o Cristianismo melhor que nós, ocidentais, que nos proclamamos cristãos :roll: (generalizei, tá? Sei que tem gente com fé diferente).
avatar
Takuya
Administrador
Administrador

100%
Masculino Mensagens : 3464
Data de inscrição : 01/08/2011
Idade : 27
Localização : Spiral Mountain
Mensagem Pessoal : I saw the end of an era with my own eyes. And in truth, I actually do know that it's my turn next.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Lukas em Ter Set 06, 2011 11:38 pm

TakeruTK escreveu:Engraçado que orientais não-cristãos parecem compreender e conhecer o Cristianismo melhor que nós, ocidentais, que nos proclamamos cristãos :roll: (generalizei, tá? Sei que tem gente com fé diferente).
Mas há alguns que não são cristãos e conhecem a história da Bíblia. Pessoas que sabem a história da religião mas não seguem ela por não acreditar nos dogmas propostos. Geralmente, para criar um enredo complexo e havendo lógica, como Digimon, precisam-se de pessoas assim. XD
avatar
Lukas
Moderadores
Moderadores

100%
Masculino Mensagens : 1572
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 20
Localização : Brasília, DF, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Takuya em Ter Set 06, 2011 11:53 pm

Por isso que eu penso que Cristianismo não está diretamente relacionado ao Catolicismo ou às Igrejas Protestantes/Evangelicas. Qualquer pessoa que pratique os preceitos do Evangelho (Evangelho, não dogmas de igrejas :P ), seria cristã, mesmo sem se dar conta disso ou sem pertencer à essa igreja ou aquela. Assim como existem muitos não-cristãos dentro das mesmas igrejas :roll: ...
avatar
Takuya
Administrador
Administrador

100%
Masculino Mensagens : 3464
Data de inscrição : 01/08/2011
Idade : 27
Localização : Spiral Mountain
Mensagem Pessoal : I saw the end of an era with my own eyes. And in truth, I actually do know that it's my turn next.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Os três Arcanjos Digimons e o três Arcanjos Cristãos

Mensagem por Mimi-chaann em Qui Set 08, 2011 2:07 am

Depois que li a sua análise Lukas, uma coisa que ficou na minha mente foi: os três arcanjos digimons correspondem aos três arcanjos divinos da Igreja Católica Apostólica Romana? Decidi pesquisar um pouquinho e acho que encontrei a resposta.

Sempre me perguntei por que três arcanjos? Por que não usar os sete, já que na Igreja Católica Ortodoxa este é o número total de arcanjos. Lógico que isso só me fez perceber que a mitologia usada no enredo de Frontier é o da igreja romana. E já que a história fala da luta entre o bem e o mal, luz e trevas, céu e inferno, o divino e o herege, veio-me na cabeça a possibilidade dos três Digimons Divinos - Seraphimon, Ophanimon e Cherubimon - corresponderem aos três Arcanjos Cristãos que aparecem na bíblia católica: Miguel, Rafael e Gabriel. Isso é até óbvio. Mas, passamos para as minhas percepções.

Vamos a algumas citações:

Esses três arcanjos representam a alta hierarquia dos "Anjos-Chefes", o seleto grupo dos sete espíritos puros que atendem ao trono de Deus e são seus mensageiros dos decretos divinos aqui na Terra. Juntos, Miguel, Rafael e Gabriel simbolizam a fidelidade, o poder e a glória dos anjos.

Esses três arcanjos, representam a alta hierarquia dos Anjos-chefes, o seleto grupo dos sete espíritos puros que atendem ao torno de Deus e são seus "mensageiros dos Decretos Divinos", aqui na Terra.

Apesar de não serem, na hierarquia celestial, o mais alto posto dos anjos de Deus, os Arcanjos possuem suma importância para as pretensões divinas na terra. São eles os mensageiros de Deus, aqueles que trarão a palavra do Senhor. Foi Gabriel que anunciou à Maria que esta iria dar à luz a Jesus. Eles também são o exército divino: lutam contra o mal, os demônios e todos que se opõem a vontade dos céus. Eles são justos e fiéis a Deus. Ao todo, são sete Arcanjos: Miguel, Gabriel, Rafael, Uriel, Samael, Zacariel e Orifiel. Diga-se que estes são anjos os mais próximos do trono de Deus.

Na religião católica, apenas três destes possuem grande adoração dos fiéis: Miguel, Rafael e Gabriel. A Adoração por eles é tamanha, que o Vaticano concedeu aos três arcanjos o "prefixo" São antes de seus nomes, tornando-os São Miguel Arcanjo, São Rafael Arcanjo e São Gabriel Arcanjo. Diga-se que o "dia deles" é 29 de setembro. Estes anjos são considerados relevantes para a construção da mitologia cristã, pois, Miguel é aquele que enfrenta e derrota Lúcifer; Rafael é aquele que detém o conhecimento da cura da humanidade, aquele que carrega o amor de Deus; Gabriel é o mensageiro divino. Foi ele quem anunciou à vinda do redentor a humanidade.

Agora as denominações para cada Arcanjo:

Arcanjo Miguel:

O Arcanjo Miguel é interpretado como sendo o Líder do exército Divino. É ele quem irá combater e derrotar Lúcifer no Apocalipse. Ele é considerado o príncipe da justiça Divina. O maior e melhor guerreiro de Deus. Ele é o padroeiro da Igreja Católica, já que, é o símbolo da luta contra o mal (assim, entendi).

Miguel, que significa "ninguém é como Deus", ou "semelhança de Deus", é considerado o príncipe guardião e guerreiro, defensor do trono celeste e do Povo de Deus. Fiel escudeiro do Pai Eterno, chefe supremo do exército celeste e dos anjos fiéis a Deus, Miguel é o arcanjo da justiça e do arrependimento, padroeiro da Igreja Católica. Costuma ser de grande ajuda no combate contra as forças maléficas.

Arcanjo Rafael:

Rafael é descrito pelos cristãos como o único anjo que viveu junto com a humanidade. Ele detém o conhecimento para a cura do corpo e da alma dos seres humanos. Por isso, é considerado o padroeiro da medicina. De acordo com o Antigo Testamento (a partir de Tb 5:4), O Arcanjo Rafael curou a cegueira de Tobias acompanhando-o em sua jornada. Isso o faz, também o protetor dos viajantes. Além de representar o amor de Deus.

Prestemos atenção na Oração para o Arcanjo Rafael (explicarei depois):

Glorioso Arcanjo São Rafael, que vos dignastes tomar a aparência de um simples viajante, para vos fazer o protetor do jovem Tobias; ensinai-nos a viver sobrenaturalmente, elevando sem cessar nossas almas, acima das coisas terrestres.

Vinde em nosso socorro no momento das tentações e ajudai-nos a afastar de nossas almas e de nossos trabalhos todas as influências do inferno.

Ensinai-nos a viver neste espírito de fé, que sabe reconhecer a misericórdia Divina em todas as provações, e as utilizar para a salvação de nossas almas.

Obtende-nos a graça que vos peço (faça o pedido), de inteira conformidade à vontade Divina, seja que ela nos conceda a cura dos nossos males, ou que recuse o que lhe pedimos.

São Rafael, guia protetor e companheiro de Tobias, dirigi-nos no caminho da salvação, preservai-nos de todo perigo e conduzi-nos ao Céu. Assim seja.

Arcanjo Gabriel:

Gabriel é o mais famoso e aclamado dos Arcanjos. Isso deve-se porque, de acordo com a bíblia cristã, ele foi enviado por Deus até Nazaré, falar para a Virgem Maria que ela iria ser mãe de Jesus. Eu sei, eu sei. Já é a terceira vez que falo isso. Enfim, ele é considerado o mensageiro divino. Aquele que leva a palavra de Deus aos humanos. Ele também anunciou o nascimento de João Batista, que todos sabem, batizou Cristo e teve sua cabeça corta e posta numa bandeja. É considerado o Anjo da Esperança e da Paz.

Com base em duas passagens do Evangelho segundo Lucas, diversos cristãos e muçulmanos acreditam que Gabriel teria previsto os nascimentos de João Batista e Jesus. O Islã, além disso, acredita que Gabriel teria sido o meio pelo qual Deus optou por revelar o Corão a Maomé, e que através dele teria enviado uma mensagem para a os profetas revelando-lhes suas obrigações.

Os Arcanjos Digimons:

Não vou me prolongar muito aqui, pois, acho que o Lukas escreveu algo bem válido para compreender o que venho propor. Para quem leu a análise dele, entendeu que cada um dos três Arcanjos representam uma ordem celestial distinta. Além disso, uma missão diferente foi confiada a eles, de modo a gerarem a paz entre a tribo humana e a tribo fera. Eis as missões e representações de cada um:

Seraphimon: O líder dos três arcanjos. Segundo a análise do Lukas, ele é o representante das Leis Divinas.

Ophanimon: Guarda a natureza do Digital World. No tópico do Lukas, ele fala que:

Lukas escreveu: De acordo com o Digimon Analyzer da Digimon web, Ophanimon pode também representar Maria (mãe de Jesus).

Estes são os motivos para Ophanimon ser a representante do amor de Deus.

Cherubimon: Não vi no post no Lukas a função dele. Então, fui à caça (até porque não lembro direito no anime. memória seletiva é foda!). Cherubimon representa a sabedoria Divina. Ele desenvolvia a verdade e o conhecimento.

Perante tudo isso, fiz a seguinte analogia:

Seraphimon corresponde ao Arcanjo Miguel. Ele é o representante das Leis Divinas. É ele que trará a ordem e a justiça ao Digital World. É o líder dos três Arcanjos, pois, é o que representa a autoridade de Deus. Seraphimon possui o poder para destruir Lucemon, pois, de acordo com o Apocalipse será o Arcanjo Miguel que derrotará Lúcifer no dia do juízo final. Logo, imagina-se aqui que Seraphimon está destinado a derrotar Lucemon em batalha. Talvez por isso o último, quando corrompeu Cherubimon, tenha-o feito atacar primeiro ele e não Ophanimon.

"Houve então uma batalha no céu: Miguel e seus Anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão batalhou, juntamente com seus Anjos, mas foi derrotado, e não se encontrou mais um lugar para eles no céu. Apocalipse 12:7.

Ophanimon corresponde ao Arcanjo Rafael. Realmente fiquei em dúvida se Ophanimon corresponderia mesmo a Rafael. Mas, depois de ler algumas coisas, convenci-me de que era mais sensato ter uma correspondência entre ambos. Por que? Vamos ver mais uma citação:

O Arcanjo Rafael e Seus anjos também protegem as emanações de vida que desejam servir a Deus e aos homens, neste mundo físico das aparências. Eles lançam Raios de Luz e insuflam sentimentos de fé, amor, constância, sabedoria e tudo mais que for necessário, naqueles que se consagram a uma missão nobre na vida, para que permaneçam fiéis, sem desfalecimento, no cumprimento de sua obra.

O Arcanjo Rafael é o complemento Divino da Bem-Amada Maria, Mãe de Jesus. Além de Seus infindáveis trabalhos junto aos seres humanos, é dirigente suprema do ministério de curas para a Terra.

De acordo com a citação acima (colocarei a lista de referências abaixo), o Arcanjo Rafael é aquele que representa o amor de Deus. Ele possui o entendimento para "fazer brotar" o amor divino no coração dos homens. Além disso, ele é o complemento de Maria, ou seja, os dois possuem a mesma representação. Maria é considerada a personificação do amor e Rafael, por ser o Arcanjo símbolo do amor de Deus a complementa, neste sentindo. Ou pelo menos foi isso que entendi! Sofree.

Agora, vamos analisar os trechos marcados na oração de São Rafael Arcanjo:

"[...]ajudai-nos a afastar de nossas almas e de nossos trabalhos todas as influências do inferno."

"[...]preservai-nos de todo perigo e conduzi-nos ao Céu."

Ophanimon ajuda Takuya e os outros a se afastarem do mal, guiando-os pelo Digital World, até o Castelo de Cherubimon. Ela não permite que os servos do Arcanjo corrompido encontre os espíritos lendários, levando as crianças a cada um deles.

"Ensinai-nos a viver neste espírito de fé, que sabe reconhecer a misericórdia Divina em todas as provações, e as utilizar para a salvação de nossas almas."

Ophanimon também põe à prova a fé das crianças. Ela testa-os ao perguntar no primeiro episódio, já quando Takuya e Kouji chegam ao terminal de Trailmons, "Você está na última etapa. Você quer continuar? Ou não?". Em toda a jornada, antes de se sacrificar, ela testa a fé e a confiança de Takuya, Kouji, Izumi, Junpei e Tomoki em seu poder, na sua palavra. Assim, ela pode ter certeza que fez a coisa certa em chamar os humanos para salvar o DW e lhes entregar 5 espíritos dos Guerreiros Lendários.

E, por fim, Cherubimon corresponde ao Arcanjo Gabriel. Eu fiquei em dúvida quando passei a pesquisar para montar isso. Cherubimon estava desenvolvendo a verdade e o conhecimento no DW. E o conhecimento é uma característica do Arcanjo Rafael. Então, como Cherubimon corresponderia a Gabirel. A conclusão que cheguei foi: Cherubimon rege a sabedoria divina, logo, ele é, juntamente com Seraphimon, o Arcanjo próximo de Deus. Assim, ele pode ter contado com a sua verdade, leis e sabedoria. E, a partir desse contato, ele poderá compreender a palavra de Divina e levá-la aos Digimons. Isso faria dele um mensageiro divino, assim como Gabriel: Cherubimon é aquele que leva a sabedoria de Deus a todas as tribos, sem distinção.

Confesso que a parte do Cherubimon ficou fail. Não consegui pensar em outro modo de como encaixá-lo com o Arcanjo Gabriel. Terei que rever o anime para saber melhor como resolver isso. Enquanto eu não reassisto Frontier, vocês podem apontar erros e discutir melhor comigo isso, SEM PROBLEMAS. Gosto de ter uma contribuição benéfica, até porque, acho bem válido desenvolver essa teoria de uma forma mais profunda.


referências:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Digimons_Arcanjos
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ophanimon
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cherubimon
http://pt.wikipedia.org/wiki/Seraphimon
http://digiplace.forumeiros.com/t3293-analise-a-hierarquia-angelical-do-mundo-digital
http://templodeyris.com.br/fraternidade_branca/arcanjos/gabriel_arcanjo/gabriel_arcanjo.html
http://templodeyris.com.br/fraternidade_branca/arcanjos/rafael_arcanjo/rafael_arcanjo.html
http://www.derradeirasgracas.com/3.%20Os%20Santos%20do%20Dia/Santos%20do%20M%C3%AAs%20de%20Setembro/29.09%20-%20Arcanjos%20s%C3%A3o%20Miguel,%20s%C3%A3o%20Gabriel%20e%20s%C3%A3o%20Rafael.htm
http://anjosarcanjosedevas.blogspot.com
http://www.naveluz.arq.br/gabriel.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Miguel_(arcanjo)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Rafael_(arcanjo)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Gabriel_(arcanjo)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Arcanjo
http://reporterdecristo.com/os-tres-arcanjos-da-biblia
http://coisinhasdevocarminha.blogspot.com/2010/09/dia-dos-tres-arcanjos-miguel-rafael-e.html
http://www.cidadaosdoinfinito.com/products/os%203%20arcanjos%20-%20são%20miguel,%20são%20rafael%20e%20são%20gabriel/
http://www.portaldascuriosidades.com/forum/index.php?topic=24394.0
avatar
Mimi-chaann
Moderadores
Moderadores

100%
Feminino Mensagens : 1441
Data de inscrição : 02/08/2011
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Rayana em Qui Set 08, 2011 10:09 am

Lukas escreveu:
TakeruTK escreveu:Engraçado que orientais não-cristãos parecem compreender e conhecer o Cristianismo melhor que nós, ocidentais, que nos proclamamos cristãos :roll: (generalizei, tá? Sei que tem gente com fé diferente).
Mas há alguns que não são cristãos e conhecem a história da Bíblia.

As coisas são um pouquinho mais complexas do que isso, gente. A Toei sabe muito bem o que está a fazer, e isso vai muito além de "conhecer a história da bíblia". Mais do que saber a história, eles sabem interpretá-la e sabem quais as suas fontes.


Na minha opinião, Seraphimon é o Pai, Ophanimon é a Mãe, Cherubimon é o Filho e também o Guardião. Cherubimon é a chave da relação pai/mãe e também é a chave de toda a luta que as crianças escolhidas travam em Digimon Frontier.

O poder do nome de Deus é sugerido pela Bíblia ao dizer que o nome de Deus é "como fogo que queima". Sabemos que o nome "seraph" significa "queimar completamente". Logo, Seraphimon é uma metáfora para a figura do "Pai". Cuidado porque "Pai" não está só associado a "Deus", ok?
Recordem-se antes do Yin/Yang, quando eu disse que Yin/Yang são como "um, dois, que geram o três".

Graças à distância, os japoneses (felizmente!) não têm essa mania que nós ocidentais temos de pensar que tudo o que está na bíblia é 100% católico ou cristão. Tudo o que se encontra no Velho Testamento é uma salada russa de textos com origem pagã, judaica, alquimista, etc. e os criadores de Digimon sabem muito bem disto. Penso que é impossível compreender Digimon Frontier esquecendo isto, e a relação que existe com as filosofias orientais.

Vou lançar aqui algumas pistas, que são indicadoras:
1) Por que colocaram o Sephirotmon no roteiro?


Este digimon é uma referência à Árvore da Vida da Kabalah judaica, com as suas dez Sephiroth. Na árvore da vida, cada Sephira representa um potência, ou "centros energéticos" se preferirem, que são como os chakras do tantrismo. Reparem na esfera central onde está desenhado o brasão da Luz da Hikari Yagami, de Digimon Adventure.


Esta esfera é Tiphereth, que está associada ao planeta do Sol, ao metal do Ouro, ao arcanjo Mikael, ao número 666, etc.

2) Relembro também que o Kouji, quando luta, transforma-se no espírito lendário do Guerreiro da Luz. Se recordarem o episódio 27, verão que é na esfera de Tiphereth que Kouji (o escolhido da Luz) luta contra o digimon das Trevas Duskmon. Ambos lutam um contra o outro, mas de repente, o Kouji percebe que Duskmon é na verdade o seu irmão Kouichi (escolhido das Trevas).

Resumo do episódio 27: Yang confronta-se com Yin como inimigos, rivais... até que, inesperaramente, Yin e Yang reconhecem-se como irmãos um do outro. Inevitalmente, deixam de lutar, e mais tarde serão "inseparáveis". Isto é o que acontece na esfera central da Árvore da Vida, Tiphereth.

3) O Lukas mencionou a árvore da vida quando falou do Querubim.

Lukas escreveu:No livro de Gênesis, capítulo 3 e versículo 24, o Querubim também é citado.
E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida.

O caminho da Árvore da Vida é o caminho do aprendiz, do adepto, que pretende atingir a iluminação. Na cabala mística, o uso dos nomes divinos, através de invocações ou cânticos (mantras), permite ao cabalista atingir novos estados de consciência (similar ao que algumas correntes esotéricas orientais, quando incorrem em meditações para o despertar da serpente kundalini, metáfora para a energia que faz girar os focos energéticos, desde o chakra da raiz (situado entre a pernas) até ao chakra da flor de lótus (situado acima da cabeça)). Todo esse percurso, de baixo para cima, é uma espiral evolutiva a caminho da Ascenção. É tudo simbologia, obviamente.

A imagem da árvore não é novidade para vocês né?
Ela aparece no Génesis, o seu fruto é proibido, e graças à serpente, Adão e Eva acabaram expulsos do seu héden de simplicidade e ignorância.
Ela aparece na mitologia romana (a árvore das maçãs de ouro, que o Hércules rouba a Hespérides).
Ela aparece na mitologia viking, é a árvore cósmica Yggdrasil, que se encontra no centro de todos os mundos. É a árvore do conhecimento; quem come o seu fruto ficará com toda a sapiência do universo. Odin enforca-se nesta árvore para obter conhecimento além-túmulo, depois é ressuscitado, etc.
A árvore aparece em muitos lugares. É só estudarem um pouco, que vão se surpreender.

Editado:
Ah, e a respeito dos anjos... deixo aqui uma série de links que fala dos anjos cabalísticos:
http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/anjos-cabalisticos-parte-i-31735
http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/anjos-cabalisticos-parte-ii-32330
http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/anjos-cabalisticos-parte-iii-32532

Acho que é interessante para esclarecer algumas concepções erradas, nomeadamente isso de anjos serem coisa da Igreja Católica, quando na verdade são coisas que foram assimiladas de outras fontes, etc.
Fim da edição

Em Frontier, penso que Seraphimon é o Pai, Ophanimon é a Mãe, Cherubimon é o Filho. Quando o filho fica rebelde, geralmente acontece alguma mudança... e lá vamos nós de novo. eheheh


Última edição por Rayana_Wolfer em Qui Set 15, 2011 12:55 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Rayana
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

100%
Feminino Mensagens : 1766
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 28
Localização : Portugal
Mensagem Pessoal : Born to be wild.

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Lukas em Qui Set 08, 2011 11:53 am

Rayana_Wolfer escreveu:
Spoiler:

Lukas escreveu:
TakeruTK escreveu:Engraçado que orientais não-cristãos parecem compreender e conhecer o Cristianismo melhor que nós, ocidentais, que nos proclamamos cristãos  :roll:  (generalizei, tá? Sei que tem gente com fé diferente).
Mas há alguns que não são cristãos e conhecem a história da Bíblia.

As coisas são um pouquinho mais complexas do que isso, gente. A Toei sabe muito bem o que está a fazer, e isso vai muito além de "conhecer a história da bíblia". Mais do que saber a história, eles sabem interpretá-la e sabem quais as suas fontes.


Na minha opinião, Seraphimon é o Pai, Ophanimon é a Mãe, Cherubimon é o Filho e também o Guardião. Cherubimon é a chave da relação pai/mãe e também é a chave de toda a luta que as crianças escolhidas travam em Digimon Frontier.

O poder do nome de Deus é sugerido pela Bíblia ao dizer que o nome de Deus é "como fogo que queima". Sabemos que o nome "seraph" significa "queimar completamente". Logo, Seraphimon é uma metáfora para a figura do "Pai". Cuidado porque "Pai" não está só associado a "Deus", ok?
Recordem-se antes do Yin/Yang, quando eu disse que Yin/Yang são como "um, dois, que geram o três".

Graças à distância, os japoneses (felizmente!) não têm essa mania que nós ocidentais temos de pensar que tudo o que está na bíblia é 100% católico ou cristão. Tudo o que se encontra no Velho Testamento é uma salada russa de textos com origem pagã, judaica, alquimista, etc. e os criadores de Digimon sabem muito bem disto. Penso que é impossível compreender Digimon Frontier esquecendo isto, e a relação que existe com as filosofias orientais.

Vou lançar aqui algumas pistas, que são indicadoras:
1) Por que colocaram o Sephirotmon no roteiro?


Este digimon é uma referência à Árvore da Vida da Kabalah judaica, com as suas dez sephirots. Na árvore da vida, cada Sephirot representa um potência, ou "centros energéticos" se preferirem, que são como os chakras do tantrismo. Reparem na esfera central onde está desenhado o brasão da Luz da Hikari Yagami, de Digimon Adventure.


Esta esfera é Tiphereth, que está associada ao planeta do Sol, ao metal do Ouro, ao arcanjo Mikael, ao número 666, etc.

2) Relembro também que o Kouji, quando luta, transforma-se no espírito lendário do Guerreiro da Luz. Se recordarem o episódio 27, verão que é na esfera de Tiphereth que Kouji (o escolhido da Luz) luta contra o digimon das Trevas Duskmon. Ambos lutam um contra o outro, mas de repente, o Kouji percebe que Duskmon é na verdade o seu irmão Kouichi (escolhido das Trevas).

Resumo do episódio 27: Yang confronta-se com Yin como inimigos, rivais... até que, inesperaramente, Yin e Yang reconhecem-se como irmãos um do outro. Inevitalmente, deixam de lutar, e mais tarde serão "inseparáveis". Isto é o que acontece na esfera central da Árvore da Vida, Tiphereth.

3) O Lukas mencionou a árvore da vida quando falou do Querubim.

Lukas escreveu:No livro de Gênesis, capítulo 3 e versículo 24, o Querubim também é citado.
E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida.

O caminho da Árvore da Vida é o caminho do aprendiz, do adepto, que pretende atingir a iluminação. Na cabala mística, o uso dos nomes divinos, através de invocações ou cânticos (mantras), permite ao cabalista atingir novos estados de consciência (similar ao que algumas correntes esotéricas orientais, quando incorrem em meditações para o despertar da serpente kundalini, metáfora para a energia que faz girar os focos energéticos, desde o chakra da raiz (situado entre a pernas) até ao chakra da flor de lótus (situado acima da cabeça)). Todo esse percurso, de baixo para cima, é uma espiral evolutiva a caminho da Ascenção. É tudo simbologia, obviamente.

A imagem da árvore não é novidade para vocês né?
Ela aparece no Génesis, o seu fruto é proibido, e graças à serpente, Adão e Eva acabaram expulsos do seu héden de simplicidade e ignorância.
Ela aparece na mitologia romana (a árvore das maçãs de ouro, que o Hércules rouba a Hespérides).
Ela aparece na mitologia viking, é a árvore cósmica Yggdrasil, que se encontra no centro de todos os mundos. É a árvore do conhecimento; quem come o seu fruto ficará com toda a sapiência do universo. Odin enforca-se nesta árvore para obter conhecimento além-túmulo, depois é ressuscitado, etc.
A árvore aparece em muitos lugares. É só estudarem um pouco, que vão se surpreender.

Editado:
Ah, e a respeito dos anjos... deixo aqui uma série de links que fala dos anjos cabalísticos:
http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/anjos-cabalisticos-parte-i-31735
http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/anjos-cabalisticos-parte-ii-32330
http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/anjos-cabalisticos-parte-iii-32532

Acho que é interessante para esclarecer algumas concepções erradas, nomeadamente isso de anjos serem coisa da Igreja Católica, quando na verdade são coisas que foram assimiladas de outras fontes, etc.
Fim da edição

Em Frontier, penso que Seraphimon é o Pai, Ophanimon é a Mãe, Cherubimon é o Filho. Quando o filho fica rebelde, geralmente acontece alguma mudança... e lá vamos nós de novo. eheheh


Realmente faz sentido! E Cherubimon realmente é responsável pelo espírito de Sephirotmon, que representa a árvore da vida.

Quanto à análise da Mimi-chan, provavelmente possa ser isso também.
avatar
Lukas
Moderadores
Moderadores

100%
Masculino Mensagens : 1572
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 20
Localização : Brasília, DF, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Mimi-chaann em Qui Set 08, 2011 12:32 pm

Os anjos são muito lembrados pela igreja católica, fato. Por isso usei a visão dela na análise dos arcanjos: há três Arcanjos que os católicos consideram importantes e por isso os usei como base pra entender o papel dos Arcanjos Digimons. Pra mim não é impossível Ophanimon corresponder a Rafael, até porque, o último é descrito como complemento de Maria. Mas, isso que a Rayana falou faz muito mais sentido. Tanto que, na minha análise, não há como encaixar Cherubimon como correspondente do Arcanjo Gabriel.
avatar
Mimi-chaann
Moderadores
Moderadores

100%
Feminino Mensagens : 1441
Data de inscrição : 02/08/2011
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Takuya em Qui Set 08, 2011 1:56 pm

Rayana_Wolfer escreveu:Em Frontier, penso que Seraphimon é o Pai, Ophanimon é a Mãe, Cherubimon é o Filho. Quando o filho fica rebelde, geralmente acontece alguma mudança... e lá vamos nós de novo. eheheh

Sempre soube que havia um rolo entre Seraphimon e Ophanimon 8) , hehe!
avatar
Takuya
Administrador
Administrador

100%
Masculino Mensagens : 3464
Data de inscrição : 01/08/2011
Idade : 27
Localização : Spiral Mountain
Mensagem Pessoal : I saw the end of an era with my own eyes. And in truth, I actually do know that it's my turn next.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A relação dos Digimons Arcanjos com o Cristianismo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum