Últimos assuntos
Parceiros








Fórum AG


[One-shot] Talvez...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[One-shot] Talvez...

Mensagem por Hinata Plusle em Sab Ago 13, 2011 11:33 am

Digamos... Eu não sei por que escrevi essa porcaria, muito menos porque a postei. E por que peguei o tadinho do Takato para Cristo, já que tem muitos outros que ficariam bem menos OOC se estivessem no lugar dele aqui. Mas é que eu não queria postar Sayonara Dake ga Shitteta ~Apenas o "Adeus" Sabia~ (se quiserem, vejam no meu FF.net), pois pretendo reescrevê-la (seria um desperdício usar uma música tão linda para aquela coisa no mínimo estranha que saiu de minhas mãos).

Well, Whatever.


Título da Fanfic: Talvez...
Autor: Hinata Plusle
Personagem(s): Takato Matsuki (Matsuda)
Gênero: Tragédia, Romance
Rating: T
Resumo: Muitas coisas ruins acontecem na vida de Takato, e ele passa a se perguntar o que realmente aconteceu, não o que ele viu... Jurato, Rukato, Takato X Suzie (Matem-me se quiserem!).

Takato’s POV

Talvez eu tenha cometido um erro muito grave...
Talvez não, ela pode ter escondido tudo muito bem...
Talvez minha alegria de ter o Guilmon de volta possa ter me cegado e ensurdecido, e assim, talvez possa não ter ouvido ou ignorado os gritos de dor em seu coração...
Talvez... Se não fosse tão egoísta, poderia ter salvo não apenas a ela, mas a todos eles... Mas talvez eu tenha percebido tarde demais...
Talvez... Se eu não falasse sem parar do Guilmon, e tivesse dado mais atenção aos sentimentos dela, ela poderia ter agüentado o tranco... Talvez assim eu pudesse não ter praticamente empurrado a família Katou inteira “pro buraco”... Talvez Masahiko não estivesse numa situação tão ruim, nem Shizue, muito menos Tadashi... Talvez Jeri pudesse estar viva, e não ter se suicidado...
Talvez, se eu não tivesse me deprimido tanto com isso, Rika nem precisaria s aproximar de mim... Talvez, se ao menos não me apaixonasse por ela... Talvez assim Henry pudesse estar aqui... Eu sabia, desde o início, que ele era perdidamente apaixonado por ela... E que se eu não enfiasse o bedelho, os dois poderiam estar juntos agora, e eu poderia simplesmente ser o melhor amigo de ambos... Mas não, eu tinha que bagunçar tudo... Talvez... Se eu não tivesse pedido a Rika para pararmos naquela loja de conveniência... Tinha comida lá na padaria, só faltava uma quadra... Queria saber por que justo naquele momento eu quis ser mimado... Não haveria problema algum em comer pão mais uma vezinha... Maldito seja aquele assaltante, aquele assassino... Talvez o assassino seja eu também... Não pude impedir que Rika fosse feita refém, mas fui tentar salvá-la... O assaltante atirou em minha direção, mas Guilmon se jogou em minha frente... Poderia ter impedido-o, mas o medo me paralisou... Que droga... Quando os policiais chegaram, ele atirou na Rika... Não pude fazer nada por ela... Como sou patético...
Talvez deprimido com a morte de Rika, Henry, como se não bastasse, suicidou-se, matando Terriermon antes... Talvez, se eu tivesse protegido Rika, nada disso teria acontecido... Talvez eu tenha o poder de “matar indiretamente” minhas pessoas mais queridas...
Talvez o meu coração tenha traído, de uma só vez, Jeri, Rika e Henry... Sim, eu me apaixonei por Suzie... Queria ter um coração de pedra para não “matar inconscientemente” três garotas tão adoráveis e um amigo tão próximo... Suzie ficou com câncer no pulmão, mas ele só foi diagnosticado num estágio avançado... Não se passaram três meses desde o diagnóstico e ela morreu... Nem pude garantir-lhe uma morte tranqüila, feliz... Ela morreu em meio ao desespero, não querendo deixar Janyu, Mayumi, Rinchei, Jaarin e, principalmente, Lopmon... Tinha medo de não conseguir achar Henry e Terriermon no Céu após a morte, e nada pude fazer para confortá-la, acalmá-la ou alegrá-la, tampouco consegui dar meus pêsames aos Wong decentemente... Não consegui nem discursar na missa de 49 dias... Talvez eu seja um fracote...
Talvez para ver se eu me animava e parava de me deprimir tanto, fui visitar Kai, com Ryo, Cyberdramon e Lopmon... Não poderia ter feito coisa pior... Aquele terremoto matou os quatro... Queria saber por que eu não morri junto... Seria tão mais fácil... Talvez, se eu fosse sozinho, para outro lugar, poderia ter poupado a eles... Talvez seja tarde demais... Pra fazer qualquer coisa... Talvez, para salvar os poucos que restaram, só se eu mesmo sumir... Mas se eu for para outro lugar, vou causar mal àqueles que viverem por lá... Talvez, só se eu sumir da vida de todos eu não vou causar problemas a ninguém... É... Talvez o único jeito seja o suicídio mesmo...
Acendi a luz da minha escrivaninha e escrevi a velha e talvez batida carta de suicídio... Ela ficou extensa, minha mão foi apenas se movendo... E escrevendo... Talvez desenhado algo... Nem faço ideia... Fui à cozinha, escondi uma faca na minha roupa e fui ao banheiro... Tranquei a porta e liguei o gás... Depois o desliguei, senão iriam desconfiar cedo demais e poderiam me socorrer cedo o suficiente para me salvar... Procurei no armário do espelhinho alguns remédios... Talvez calmantes e relaxantes possam me ajudar a deixar esse mundo... Talvez apenas um frasco de calmantes e um de relaxante não sejam suficientes... Papai deixa os sobressalentes ali... Achei... Ingeri os quatro frascos... Têm gosto terrível, mas talvez não importe mais... Nada... Peguei a faca, e fiz cortes nos pulsos... Isso dói bastante, mas não vai me impedir... Já me decidi... Não tem mais volta... Para acelerar, corto mais e mais... O sangramento aumenta, e em algum tempo já vem a tontura... Minha visão embaça... E aí bate a preocupação... Não seu como meus pais vão reagir... Nem Kazu, Kenta, Guardromon, MarineAngemon, Renamon, Ai, Mako e Impmon... Sei que os farei sofrer... Mas eu mesmo não agüento mais... Sei que estou sendo egoísta, mas será melhor para eles, serão poupados do meu mau-agouro inconsciente... Sei que meus amigos mortos já me perdoaram, o talvez nunca tenham sequer me culpado... Mas talvez quem não consiga se perdoar seja eu... Talvez eu não tenha mais coragem para dar as caras aos dez... Digo, onze, Leomon também estará lá... Finalmente Jeri pôde vê-lo... Renamon ainda precisará de muito tempo para poder ver Rika... Mas eu não quero matar Renamon com esse meu estranho “poder”... Esse poder que separou Lopmon de Suzie... Ou melhor, nem sei por que estou me preocupando com isso... Todos foram ou vão para o Céu, e eu farei uma viagem sem escalas ao Inferno...
A consciência, aos poucos, vai me deixando... À medida que manter os olhos torna-se tarefa mais difícil, bate o desespero... Queria me despedir melhor de todos... Revisar minha carta, talvez... Mas todos tentariam me impedir, então pode ser que o correto seja fazer isso mesmo...
... Talvez... Talvez... Talvez... Tal... Vez...




AN: Takato NÃO morreu, a fanfic acaba quando ele desmaia. Repare que não há ponto final, de interrogação ou de exclamação – A dúvida dele se expressa pelas suposições que ele faz sobre si mas não consegue confirmar ou descartar. Eu sei que ficou confuso, OOC, ETC e tal, mas é que eu tive essa ideia depois de ler fics de tragédia e estudar para uma prova de Língua Portuguesa. O que a pobre matéria tem a ver com essa fic super curta? Bem... Eu me lembrei da matéria do ano passado sobre tipos de frase. Aí lembrei que as interrogativas podiam ser indiretas. Emburrei com aquilo e misturei com coisas que tinha acabado de ler, até que... Saiu ISSO AQUI.
avatar
Hinata Plusle
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

Comportamento : 100%
Feminino Mensagens : 445
Data de inscrição : 09/08/2011
Idade : 19
Localização : Ringtown, Fiore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [One-shot] Talvez...

Mensagem por Takuya em Sab Ago 13, 2011 10:44 pm

Nossa, que trágico! Sério, o Takato virou um pé-frio! Tudo de que ele se aproxima vira pó! Lol. Confesso que a partir de certo ponto, não pude conter o riso, porque a situação dele é tão louca e inacreditável, que minha reação não poderia ser outra. Não ficou ruim, mas não ficou clara a sua intenção na fic... não sei se era realmente pra ser dramático ou não... talvez seja só a minha mente doentia que me faz rir de alguém numa situação como a dele, lol. Mas, eu gostei pra caramba! E as mortes de cada personagem foram bastante criativas também :P! Continue postando, adoro seu jeito de escrever ;) !

P.S.: Qualquer contradição nas minhas palavras é perfeitamente normal. 90% das coisas que eu digo são contraditórias.
avatar
Takuya
Administrador
Administrador

Comportamento : 100%
Masculino Mensagens : 3531
Data de inscrição : 01/08/2011
Idade : 27
Localização : Spiral Mountain
Mensagem Pessoal : I saw the end of an era with my own eyes. And in truth, I actually do know that it's my turn next.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [One-shot] Talvez...

Mensagem por Mimi-chaann em Sab Ago 13, 2011 11:20 pm

Cara... Eu estou meio... sem palavras? Porque a situação é tão inacreditável, tão inesperada... Uau! Tomei até fôlego aqui... Não conseguiria imaginar o Takato se suicidando... Acho que só faltou um pouco de descrição.. um cenário mais mórbido.. para combinar com o sentimento de desespero dele. Tu escreves bem Hinata.. aprovei essa fic. Fazia tempo que não lia uma tragédia que me deixasse vidrada.. :b
avatar
Mimi-chaann
Moderadores
Moderadores

Comportamento : 100%
Feminino Mensagens : 1480
Data de inscrição : 02/08/2011
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [One-shot] Talvez...

Mensagem por Hinata Plusle em Dom Ago 14, 2011 4:20 pm

@Takeru: Eu sei que isso chegou a ser irreal de tão azarado que o Takato é aqui, e por isso mesmo achei que ficou tão ruim. Ficou parecendo Biutiful... E esse seu riso tem toda a razão, isso não foi feito bem com intenção de deixar o leitor "envolvido" e dramatizar, embora não esperasse risos. Justamente por impor tantas regras ao modo de escrever, acabei largando para trás muitas coisas que não deveriam ser largadas. Nem sei porque não poupei o mundo de tal espetáculo horrendo. Os modos de "matar" todo mundo foram quase todos extraídos de outros lugares - pouquíssima coisa fui eu que criei, só selecionei (aaaah, eu leio deathfics toda semana, isso tem que servir pra alguma coisa!). Na verdade, eu escrevo pra caramba, mas evoluo muito pouco (quase nada, às vezes regredindo) e também... Como escrevo à mão e só depois digito, para poder escrever em lugares onde não posso levar eletroeletrônicos (AKA escola) e economizar o tempo que o computador levaria para ligar, tem MUITA coisa que está pronta mas não digitada... Então, terei que esperar o próximo espasmo de vontade de digitar, o que pode levar semanas... Com sorte, mês que vem tem algo de novo por aqui (mas provavelmente será de Pokémon).
Contradição e ambiguidade são a origem das piadas, das críticas, de tudo.É até normal. Eu também sou (respinguei contradição nessa mensagem toda, sem querer).

@Mimi: Justamente! Sendo a pessoa realista que sou (tá, às vezes pessimista), ser inacreditável não é nada bom!... Eu poderia esperar qualquer pessoa menos o Takato. Até o Jen é menos OOC se estiver nessa posição! /foge
Pois é, como eu fiz aquele monte de regra maluca antes de escrever essa fic (não usar ponto final/exclamação/interrogação, usar a palavra "Talvez" no mínimo uma vez por parágrafo, etc, etc), não tive como descrever mais (embora quisesse Ç.ç). Na verdade, do jeito que a mãe do Takato é, imagino que iria pegá-lo ainda escrevendo a tal da carta. Essa trama está cheia de furos! Nem sei porque a postei sem ao menos reescrever...
Ela ficou boa?... Obrigada... Embora não mereça elogios, em minha opinião. Mas se gostou, então está tudo bem! Ela deixou você vidrada? Que ótimo! ^^
avatar
Hinata Plusle
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

Comportamento : 100%
Feminino Mensagens : 445
Data de inscrição : 09/08/2011
Idade : 19
Localização : Ringtown, Fiore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [One-shot] Talvez...

Mensagem por Takuya em Dom Ago 14, 2011 6:34 pm

Hinata Plusle escreveu:@Takeru: Eu sei que isso chegou a ser irreal de tão azarado que o Takato é aqui, e por isso mesmo achei que ficou tão ruim. Ficou parecendo Biutiful... E esse seu riso tem toda a razão, isso não foi feito bem com intenção de deixar o leitor "envolvido" e dramatizar, embora não esperasse risos. Justamente por impor tantas regras ao modo de escrever, acabei largando para trás muitas coisas que não deveriam ser largadas. Nem sei porque não poupei o mundo de tal espetáculo horrendo. Os modos de "matar" todo mundo foram quase todos extraídos de outros lugares - pouquíssima coisa fui eu que criei, só selecionei (aaaah, eu leio deathfics toda semana, isso tem que servir pra alguma coisa!). Na verdade, eu escrevo pra caramba, mas evoluo muito pouco (quase nada, às vezes regredindo) e também... Como escrevo à mão e só depois digito, para poder escrever em lugares onde não posso levar eletroeletrônicos (AKA escola) e economizar o tempo que o computador levaria para ligar, tem MUITA coisa que está pronta mas não digitada... Então, terei que esperar o próximo espasmo de vontade de digitar, o que pode levar semanas... Com sorte, mês que vem tem algo de novo por aqui (mas provavelmente será de Pokémon).
Contradição e ambiguidade são a origem das piadas, das críticas, de tudo.É até normal. Eu também sou (respinguei contradição nessa mensagem toda, sem querer).

Na verdade, eu gostei da fic e acho que ficou bem-escrita sim. Talvez tenha desviado da sua intenção original, mas ainda ficou muito boa :D. Eu sei como é, as vezes a gente tem uma idéia na cabeça mas na hora de colocar no papel o resultado é completamente diferente. Talvez se apenas um personagem tivesse morrido e o Takato estivesse a lidar com isso parecesse mais realista. De uma certa forma, a quantidade de mortes acabou tornando o que devia ser trágico em algo um tanto absurdo :silent:. Entendo que você não tenha ficado satisfeita com o resultado, mas o resultado não ficou ruim não, eu gostei :D!

Continue escrevendo e postando aqui viu?
avatar
Takuya
Administrador
Administrador

Comportamento : 100%
Masculino Mensagens : 3531
Data de inscrição : 01/08/2011
Idade : 27
Localização : Spiral Mountain
Mensagem Pessoal : I saw the end of an era with my own eyes. And in truth, I actually do know that it's my turn next.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [One-shot] Talvez...

Mensagem por Hinata Plusle em Ter Ago 16, 2011 1:39 pm

Graças aos céus, meu português é a última coisa que eu preciso me preocupar. O que me preocupa mesmo é minha imaginação ora travada, ora fértil demais e sem limites para pensar e acreditar em coisas absurdas que eu mesma crio.
O pior é que nem ideia do que eu queria eu tinha antes de escrever. Ou seja, ficou... No mínimo algo... Forçado. E depois eu simplesmente não estava com vontade de reescrever, editar, ou whatever. Mas eu não achei que o Takato realmente se culparia pela morte de uma pessoa/digimon só. Bem, mas acabei pecando pelo outro lado. Ficaria OOC dos dois modos e ficou... Bem... Ficou um deles u.u
Mas o que mais me assusta é que eu tive coragem de pensar numa coisa dessas, escrever e postar O.o

(Ok, não posso falar nada, porque até já escrevi cartas de suicídio e.. Bem, já tentei uma vez também.)
avatar
Hinata Plusle
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

Comportamento : 100%
Feminino Mensagens : 445
Data de inscrição : 09/08/2011
Idade : 19
Localização : Ringtown, Fiore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [One-shot] Talvez...

Mensagem por Rayana em Qui Ago 25, 2011 5:57 pm

Nem sou pessoa de ler fics de Tamers; mas porra, esta superou os limites da tragédia! Tudo se suicidou ou foi morto em cadeia, uns atrás dos outros. o.O"

Pior que até imagino a Jeri suicidar-se. O Takato nem tanto, mas dada a descrição que fizeste, nem ficou Ooc... Principalmente porque eu vejo o Takato como do tipo cobarde #gota (fãs dele me perdoem 'xDD)

Tenso. E se ele tiver morrido, também não vejo diferença, dado que todos os outros acabaram morto mesmo. É como se ele tivesse deixado de ver razão pra continuar vivo. Meio que eutanásia, no caso!
avatar
Rayana
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

Comportamento : 100%
Feminino Mensagens : 1767
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 29
Localização : Portugal
Mensagem Pessoal : Born to be wild.

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [One-shot] Talvez...

Mensagem por Hinata Plusle em Qui Ago 25, 2011 10:15 pm

Eu estou seriamente achando que isso aqui foi escrito perto da última vez que tentei pular do prédio onde moro .-.

Digamos, a Juri chegou a tentar suicidar-se na própria série, no episódio 49 (apesar daquilo nem parecer bem uma tentativa de suicídio, digamos assim). E eu nunca a vi como a garotinha bonitinha, barulhenta, superficial e maluquinha que todo mundo diz que ela é. Talvez seja por isso que eu gosto tanto dela.
Pra mim isso ficou, porque ele chora, chora, chora, mas me parece bem mais o tipo happy-go-lucky...

Bem... Eu pretendia mantê-lo vivo para escrever uma sequel, conversando com os sobreviventes (AKA aqueles dos quais ninguém nem se lembra). Mas desanimei e vi que não valeria a pena escrever à força. Basicamente isso. Quem sabe um dia eu tenha forças para voltar a escrever essa porcaria aqui.
avatar
Hinata Plusle
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

Comportamento : 100%
Feminino Mensagens : 445
Data de inscrição : 09/08/2011
Idade : 19
Localização : Ringtown, Fiore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [One-shot] Talvez...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum