Últimos assuntos
Parceiros














Fórum AG

Tv Digimon

Multiversos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Multiversos.

Mensagem por Dragon em Sab Nov 24, 2012 11:37 am


Confesso que não tenho nenhuma proposta pra esse tópico, só tava a fim de conversar sobre os multiversos da franquia. Então vamos fazer assim, qualquer coisa que se relacione ao multiverso de Digimon tá valendo, vamos lá.

Ultimamente tenho achado intrigante o universo do mangá de Xros Wars. É um universo completamente diferente dos outros, que manda pro espaço tudo aquilo que nós tinhamos como conceito sobre a linha espaço/tempo de digimon e coloca todas as "temporadas" acontecendo dentro de um mesmo universo (Coloquei entre áspas por que o mangá não é uma temporada né). Lá temos referência direta a Adventure, Tamers, Savers e Hunters.
Eu cheguei a conclusão que no universo do mangá existem múltiplos mundos humanos, mas todos eles convergem para um mesmo mundo digital. E vocês, que pensam sobre isso xD?

O engraçado é que os mangás (V-Tamer incluso) abrem espaço para algumas suposições interessantes, principalmente quando eles visitaram um outro mundo humano com um Taiki que nunca tinha encontrado com os digimons. Isso significa que podem existir múltiplas versões de um mesmo personagem, em universos diferentes. Isso pode significar por exemplo, que os escolhidos que se encontraram com o Ryo não foram os personagens do anime Digimon Adventure, e sim de um outro universo onde existem outras versões do Taichi, da Mimi e etc. Pode signifcar também que as crianças escolhidas originais eram outras versões do octeto de Adventure, apenas vindos de um mundo ou linha de tempo diferente. MIND = BLOWN.
avatar
Dragon
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

100%
Masculino Mensagens : 1767
Data de inscrição : 22/09/2011
Idade : 23
Localização : Gentlemen Land
Mensagem Pessoal : Why so british? Let's put a monocle on that face!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Convidado em Sab Nov 24, 2012 12:26 pm

Meu, eu tava pensando em uma coisa... Tipo, lembram que aparece uma "suposta" Mimi no priemeiro ep de Hunters?? No Mangá Taiki e tailmon estão conversando... Em cima dos prédios onde, em Adv, moram Taichi & Hikari, Sora, Yamato e Daisuke xDDD

E pra completar... Naquela mesma cena tinha um rapaz de costas que me fazia lembrar o Daisuke.

Isso pode soar meio wtf, mas... Tive a "impressão" que Xros Wars poderia acontecer sim no "universo de Adventure/ZT", mas em um bendito paralelo onde não há "Chosen Children", logo aqueles doze seriam pessoas normais e talz... Piração e teoria maluca, bom queriam o quê, escrevi umas fics com alguma temática disso por ser uma doida pela teoria de multiversos e é uma das razões pra eu amar digimon o3o

Então... Acho interessante isso. A existência de outros versos/dimensões/etc xDD

Até que tiro sarro com isso com minha acc de rp no tumblr, fazendo meu Daisuke interagir com vários dele ou outras "crianças" *shot*

Meu, queria ter visto o Taichi de V-Tamer encontrando o de Adventure/ZT. Is ser. foda. (e o Daisuke a pirar hard com isso.)


Última edição por Daisuke Kaizaa em Sab Nov 24, 2012 12:51 pm, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Seiryuumon em Sab Nov 24, 2012 12:29 pm

Não sei, talvez o "Xross" do nome seja bem mais que um cruzamento entre digimons...
avatar
Seiryuumon
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

100%
Masculino Mensagens : 260
Data de inscrição : 09/12/2011
Idade : 28
Localização : São Luís - Dark Area, liderada pelo Sarney >=(

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Rayana em Sab Nov 24, 2012 12:57 pm

BEST TOPIC EVER xDDD

Indiana Dragon escreveu:Ultimamente tenho achado intrigante o universo do mangá de Xros Wars. É um universo completamente diferente dos outros, que manda pro espaço tudo aquilo que nós tinhamos como conceito sobre a linha espaço/tempo de digimon e coloca todas as "temporadas" acontecendo dentro de um mesmo universo (Coloquei entre áspas por que o mangá não é uma temporada né). Lá temos referência direta a Adventure, Tamers, Savers e Hunters.
Eu cheguei a conclusão que no universo do mangá existem múltiplos mundos humanos, mas todos eles convergem para um mesmo mundo digital. E vocês, que pensam sobre isso xD?

Mais do que "vários mundos humanos", eu acredito que existem vários mundos digitais também - a diferença é que estes mundos digitais estão conectados uns aos outros de uma forma que os mundos dos humanos não estão.

Eu imagino algo assim:



DW = Digital World
MR = Mundo Real

Os Mundo Digitais estão conectados entre eles basicamente porque a natureza dos Dados é infinitamente maleável e está em constante fluxo. Assim como há redes isoladas, existem redes que se interligam entre si.

Mas não existem só Mundo Reais ou Mundo Digitais em Digimon. Existem muitos mais mundos paralelos desconhecidos - e nós vimos 2 deles em Zero Two:



Existe portanto:
- A Esfera da Matéria
- A Esfera dos pensamentos
- A Esfera dos Dados
- etc, etc...

Eu penso assim, tendo em conta a forma como os Mundos Digitais foram criados:

O processamento dos dados do Mundo Digital ocorre muito perto de outras duas dimensões paralelas vizinhas, não relacionadas: a primeira é um mundo caleidoscópico que possui a capacidade de materializar pensamentos e sonhos, transformando-os em realidade, de forma quase instantânea.

A segunda dimensão vizinha é um oceano agourento e de mau presságio, que tem a peculiaridade que fazer pensamentos negativos ganharem vida. Embora a dimensão dos sonhos pareça desabitada, sabe-se que o mundo das trevas está ocupado, pelo menos, por Dagomon e pelos seus lacaios.

O Mundo Digital está estreitamente ligado a estes dois mundos e chega mesmo a absorver uma fracção do poder da dimensão dos sonhos para tornar pensamentos em realidade. Entretanto, à medida que os anos passam, os dados da rede de computadores e da internet da Terra continuam a adicionar informação ao Mundo Digital, enquanto, ao mesmo tempo, o poder da dimensão dos sonhos do Mundo Digital começa a dar forma aos pensamentos, sonhos, mitos e crenças espirituais do povo da Terra.

From: http://rainbow09.comli.com/adventure/linha_temporal.html

Portanto, cada Mundo Digital recebe dados de um Mundo Real - sendo que isso não impede a relação desse Mundo Digital com outros Mundos Digitais ou outros Mundos X. Há Digimons que possuem mesmo a capacidade de viajar entre estes universos digitais (Parallelmon, Millenniummon, Clockmon, etc), e que possuem a habilidade de passar do DW1 para o DW5, por exemplo.

E é possível viajar entre todos estes mundos, porque todos estão ligados uns aos outros. Um bom exemplo para ilustrar o que eu quero dizer seria este brinquedo que vocês já viram por aí, que é a boneca russa:


São mundos que coexistem, uns com os outros. O que os separa é a "frequência" em que estão sintonizados, tal como uma escala de ondas electromagnéticas [onde os raios gama passam a raios X, que passam a raios Ultra-violeta, que passam a Luz, que passam a infravermelhos, que passam a microondas, etc.] - é como a escala de gradients que passam de umas cores para a outras naquela palete do Photoshop.

Só isso explica a possibilidade de abrir portais e passar de um universo para o outro. Para isso dos portais, temos a teoria de Einstein-Rosen e dos buracos de minhoca.

Portanto, para mim a franquia Digimon só faz sentido se aceitarmos mesmo que existem vários Mundos Reais com várias versões dos mesmos personagens:

- Um Mundo Real onde as crianças escolhidas são pessoas normais e nunca viram digimons; (Mundo de Base)

- Um Mundo Real onde o Taichi conheceu o Agumon e conheceu as outras 7 crianças e ficou preso no Mundo Digital a ele correspondente por um ano, lutando contra Devimon, Etemon, Vamdemon, Dark masters e Apocalymon; (Digimon Adventure)

- Um Mundo Real onde o Taichi nunca teve irmã, e conheceu o V-dramon Zeromaru e foi chamado ao Mundo Digital correspondente pelo Angemon e lutou contra o Neo Saiba, Arcadimon e Demon; (Digimon V-Tamer)

- Um Mundo Real onde tudo ficou bem depois que Apocalymon foi derrotado, e os acontecimentos de Zero Two nunca aconteceram; (Digimon Adventure)

- Um Mundo Real onde as 8 crianças escolhidas tiveram que doar o poder dos seus brasões e dar lugar a Daisuke, Miyako, Iori e Ken (Digimon Adventure + Zero Two)

- Etc, etc, etc.

Eu concordo com o Dragon, e acho que faz sentido:

Indiana Dragon escreveu:O engraçado é que os mangás (V-Tamer incluso) abrem espaço para algumas suposições interessantes, principalmente quando eles visitaram um outro mundo humano com um Taiki que nunca tinha encontrado com os digimons. Isso significa que podem existir múltiplas versões de um mesmo personagem, em universos diferentes.

Estas possibilidades multiplicam-se quando colocamos em prática teorias como as do Efeito Borboleta.

Esta teoria explica a diferença entre os mundos. Por exemplo, se a Hikari não nascer e Taichi for filho único, isso é suficiente para toda a dinâmica daquele universo ficar completamente comprometida. Não há oitava criança escolhida, não há profecia, não há Digimon Adventure, possivelmente dando origem a algo como V-Tamer (isto já é teoria minha);

O mais fascinante da Teoria dos Universos Paralelos é que as noções de Espaço e de Tempo diluem-se uma na outra. Não existe isso de "Mundo Tal" paralelo a "Mundo Qualquer Coisa" sem estarem ligados um outro outro, e não é possível aceitar a teoria dos Mundos Paralelos sem mexer com o vector "tempo", porque, na realidade, o que nós temos é isto:



Sendo que o Universo A e B com certeza já estiveram conectados no passado; em última instância, estão conectados por alguma espécie de Tempo-Eixo, ou Big Bang. xDDD

Indiana Dragon escreveu: Isso pode significar por exemplo, que os escolhidos que se encontraram com o Ryo não foram os personagens do anime Digimon Adventure, e sim de um outro universo onde existem outras versões do Taichi, da Mimi e etc. Pode signifcar também que as crianças escolhidas originais eram outras versões do octeto de Adventure, apenas vindos de um mundo ou linha de tempo diferente. MIND = BLOWN.

Exacto! \o/

avatar
Rayana
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

100%
Feminino Mensagens : 1766
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 28
Localização : Portugal
Mensagem Pessoal : Born to be wild.

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Marcy em Sab Nov 24, 2012 1:11 pm

A Toei resolveu apostar forte na teoria de mundos paralelos que possuem relações - mesmo sutis, mas que possuem sim, como pensou Hugh Everett. Aliás, examinando essa teoria do físico com o anime, e dividindo as esferas (Mundo Digital e Mundo Real, como a Ray explicou), isso poderia fazer todo o sentido.
avatar
Marcy
Adult (Seijukuki)
Adult (Seijukuki)

100%
Feminino Mensagens : 781
Data de inscrição : 18/11/2011
Idade : 20
Localização : Toca da raposa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Kamirisu JxS em Sab Nov 24, 2012 2:10 pm

Oh, parece que não sou o único a adorar o quesito dos Universos Paralelos. xD

E até podemos dar como canónicos o anime e o mangá de Digimon Xros Wars, através dessa teoria.

Indiana Dragon escreveu:Isso pode significar por exemplo, que os escolhidos que se encontraram com o Ryo não foram os personagens do anime Digimon Adventure, e sim de um outro universo onde existem outras versões do Taichi, da Mimi e etc. Pode signifcar também que as crianças escolhidas originais eram outras versões do octeto de Adventure, apenas vindos de um mundo ou linha de tempo diferente. MIND = BLOWN.
Quanto ao primeiro dito, discordo. Se o Ryou não tivesse conhecido o Taichi e cia de Adventure, não faria o menor sentido. Já em relação ao segundo, concordo. Isso explica o porquê de não os termos visto em Adventure/02. Voltaram para o mundo deles.

Rayana Wolfer escreveu:- Um Mundo Real onde tudo ficou bem depois que Apocalymon foi derrotado, e os acontecimentos de Zero Two nunca aconteceram; (Digimon Adventure)
Se te referes ao facto do Taichi mais novo ter aparecido em Digimon Xros Wars, eu até concordava caso o Takuya não tivesse tido "aqueles dois vieram do mesmo mundo, só que de tempos diferentes" e o Takato "é incrível ver estes dois juntos".

Também se pode explicar o facto do Ryou ter optado em ficar no Mundo Real de Tamers, em vez de no de Adventure. Pode que ele seja mesmo o Ryou daquele universo só que por obra do destino tenha ido parar ao universo de Adventure (é provável que o Adv-Ryou tenha morrido, ou nunca nascido), com o propósito de se encontrar com o Millenniumon. Com essa tarefa cumprida, ele regressou ao seu lugar predileto.
avatar
Kamirisu JxS
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

100%
Masculino Mensagens : 354
Data de inscrição : 09/09/2012
Idade : 20

http://www.digimonville.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Rayana em Sab Nov 24, 2012 2:37 pm

Não pensei no Taichi de Hunters, mas eu gosto mesmo de pensar que Adventure é íntegro, sem a existência de 02. Mero capricho de fã, mais pelo facto de Zero Two contrariar tantas coisas de Adventure, Shout. 'xD

O Megid comentou no twitter uma vez que também é doido por este tipo de coisa. xD
OFFTOPIC:
Sei que é meio offtopic, mas... Há uma série que também fala de universos paralelos - chamada Sliders, e que podem ver aqui: http://watchseries.eu/serie/sliders
Só as temporadas 1 e 2 prestam - infelizmente daí para a frente, os directores de hollywood começaram a exigir que o criador da série fosse "menos nerd" e que "metesse mais pancadaria, porque é isso que as pessoas vêem". Resultou que cagaram o roteiro pelo meio, e ainda meteram Aliens para o final, trocaram de protagonista, e nem concluíram a série por desentendimentos com a staff. -.-" Mas os capítulos iniciais são excelentes, adoro em especial o episódio Piloto - livre dessas besteiras, e explicam muito bem a teoria de que estamos aqui a falar (em termos de ficção, claro).

1º epi: http://gorillavid.in/vwygtyz11k18

Sobre o que disse ali acima... tentei fazer uma imagem melhor:


Meti os pensamentos como "projecção" do mundo real e na esfera dos Dados em 3º plano, mas se calhar também faz sentido meter no 2º plano, não sei... É que o Mundo Digital é uma forma de pensamentos que ganharam substância.
avatar
Rayana
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

100%
Feminino Mensagens : 1766
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 28
Localização : Portugal
Mensagem Pessoal : Born to be wild.

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Convidado em Sab Nov 24, 2012 3:35 pm

Also... não sei se quilo foi algo do tipo, mas em Adventure teve uma cena onde o Taichi encontra-se com o Taichi pequeno. Tipo, pode ter sido só uma ilusão (also, repetiram o feito com o Daisuke, colocando-o conversando com sua versão mais nova neste CD Drama), mas acho win aquela cena xDD

Há quem reclamou dizendo que deveria ter colocado, no crossover, o Taichi de ZT junto com o Daisuke. Ou que o Daisuke deveria aparecer com as goggles antigas e que daria um time paradox por causa de dois item iguais, de tempos diferentes, estarem no mesmo lugar.

Mas, o que eu acredito é que, aquele "encontro" do Taichi de Adv com o Daisuke de ZT (o Daisuke existe em Adv, se formos pela lógica da timeline de Adv~ZT, não de "ah então ele já foi criado em Adv" e talz, não confudam por favor) pode acabar criando um novo verso, impulsionando o Taichi a procurar pelo maluco e querer conhecê-lo...

... Ao contrário do que pode ter acontecido com o Daisuke que foi pego daquele "tempo" pelo tio Bagra. (afinal, não há nenhuma informação oficial de como o Taichi encontrou o Daisuke, de como o cabeludo descobriu que o Dai era uma daquelas crianças raptadas e talz... Só diz que eles já se conheciam.)

E outra coisa que faz muito fan "discordar", é aquela "teoria" de que Adventure e ZT são animes em Tamers. Agora sabemos que é CANON/OFICIAL esta informação e haters gonna hate. Takato veio de um mundo onde Tachi é um personagem, logo quando ele topa com o cabeludo naquele momento, ele exclama. E ele vai de novo exclamar quando encontar o Yagami na estória extra do jogo.

Também o Daisuke, já conhecendo o Taichi, irá tentar provar por A mais B que eles já se conhecem. A mesma coisa que aconteceu quando este encontrou o Taichi de V-Tamer, e explicou o lance das goggles ao Motomiya (falem o que quiserem, eu considero aquela explicação CANON para o "significado" por trás da goggles, nas quais o Daisuke fez referência no ep 79 de XW.), além de ficarem amigos no final *shot*

Mesmo assim, acredito que o Ryou Akiyama é o mesmo em todos os "versos"/"dimensões" que ele apareceu. O que implica é a história dele nos jogos, que conta como ele foi parar do universo Adventure~ZT ao de Tamers. Logo o Ryou é como o Mirai Trunks ou o Silver the Hedgehog (da Archie) -- Ele possui a habilidade de viajar entre essas dimensões.

Eu gosto desse assunto, plz não me matem se falei merda quero continuar na discussão e falar disso *w* (já disse que esse é um dos motivos de eu amar esta franquia, ne?)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Kamirisu JxS em Sab Nov 24, 2012 3:54 pm

Será que se consegue manter uma relação de níveis entre eles?

Atualmente supõem-se quatro tipos de multiversos:

Spoiler:

Nível I:


Nível II:


Nível III:


Nível IV:

Ignorem o nível IV. Ele não se aplica neste assunto.


Esqueçam. Com Mundos Digitais em questão, não dá para aplicarmos esse sistema.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Daisuke Kaizaa escreveu:Also... não sei se quilo foi algo do tipo, mas em Adventure teve uma cena onde o Taichi encontra-se com o Taichi pequeno. Tipo, pode ter sido só uma ilusão (also, repetiram o feito com o Daisuke, colocando-o conversando com sua versão mais nova neste CD Drama), mas acho win aquela cena xDD
É oficial isso? Falo em relação ao Daisuke.


Última edição por Shoutmon DX em Dom Nov 25, 2012 7:29 am, editado 1 vez(es)
avatar
Kamirisu JxS
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

100%
Masculino Mensagens : 354
Data de inscrição : 09/09/2012
Idade : 20

http://www.digimonville.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Rayana em Sab Nov 24, 2012 3:56 pm

Seria engraçado que o Taichi tivesse encontrado um Taichi de outra dimensão. xDD

O post Nina fez-me lembrar a Esfera Mágica do Piccolomon. Tecnicamente, aquela floresta é mágica e por isso parece completamente invisível no Deserto do Etemon - mas para mim faria sentido se se tratasse de um sub-mundo-paralelo dentro daquele Mundo Digital.

Imaginem a esfera mágica do Piccolomon como uma bolha. Então, podem haver várias bolhas que criam "submundos" dentro de cada Mundo.

Assim, naquela gruta que o Taichi entrou, ele pode ter-se encontrado com o seu próprio inconsciente, algures numa parte onde roubam energias ao Mundo dos Sonhos (aquele onde os pensamentos tornam-se reais). Imagina - será que aquela gruta do Piccolomon não dá acesso àquela dimensão? Seria como o episódio em que a Miyako, Ken e Hikari vão parar ao Oceano Negro no episódio 31 de DA02, num lugar onde as dimensões estavam cruzadas. Talvez aquela gruta seja algo assim, mas com outro universo ligado ao inconsciente das pessoas.

E tipo, eu volto a repetir se não ficou muito claro, pois admito que isto pode ser um mindfuck, mas é que, segundo a teoria que tentei explicar acima, também não existe uma real diferença entre "vir de tempos diferentes" ou "vir de mundos diferentes". Não há diferença entre tempo e espaço - são o mesmo conceito aqui. Dizer uma coisa ou outra é dizer exactamente a mesma coisa, porque a partir do momento em que alguém do passado se encontra com outro alguém do futuro, isso desencadeia o efeito borboleta, bifurca automaticamente aquela linha temporal, num fenómeno que gera de 1 até 4 mundos diferentes - dois divididos quando a pessoa do passado saiu dela (ou não) e mais dois quando a pessoa do futuro o fez e encontrou alguém do passado (ou não).
avatar
Rayana
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

100%
Feminino Mensagens : 1766
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 28
Localização : Portugal
Mensagem Pessoal : Born to be wild.

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Convidado em Sab Nov 24, 2012 4:11 pm

Shoutmon DX escreveu:
Daisuke Kaizaa escreveu:Also... não sei se quilo foi algo do tipo, mas em Adventure teve uma cena onde o Taichi encontra-se com o Taichi pequeno. Tipo, pode ter sido só uma ilusão (also, repetiram o feito com o Daisuke, colocando-o conversando com sua versão mais nova neste CD Drama), mas acho win aquela cena xDD
É oficial isso? Falo em relação ao Daisuke.
Shoutmon, isso é de um CD Drama ò_ó E eu linkei fio, mas tá aqui:



Btw, quem ficar confuso... É o próprio Daisuke conversando com ele mais novo. A atriz vocal dele é uma das minhas favoritas *w* Tipo, a faixa é todinha com ela, e se duvidarem, basta ouvirem outra personagem que ela fez e que recebeu este mesmo tom (ou assistir a cena que o Daisuke aparece com uns 6 anos em "Hurricane Touchdown") - Shinichi


Rayana Wolfer escreveu:Seria engraçado que o Taichi tivesse encontrado um Taichi de outra dimensão. xDD

O post Nina fez-me lembrar a Esfera Mágica do Piccolomon. Tecnicamente, aquela floresta é mágica e por isso parece completamente invisível no Deserto do Etemon - mas para mim faria sentido se se tratasse de um sub-mundo-paralelo dentro daquele Mundo Digital.

Imaginem a esfera mágica do Piccolomon como uma bolha. Então, podem haver várias bolhas que criam "submundos" dentro de cada Mundo.

Assim, naquela gruta que o Taichi entrou, ele pode ter-se encontrado com o seu próprio inconsciente, algures numa parte onde roubam energias ao Mundo dos Sonhos (aquele onde os pensamentos tornam-se reais). Imagina - será que aquela gruta do Piccolomon não dá acesso àquela dimensão? Seria como o episódio em que a Miyako, Ken e Hikari vão parar ao Oceano Negro no episódio 31 de DA02, num lugar onde as dimensões estavam cruzadas. Talvez aquela gruta seja algo assim.

E tipo, eu volto a repetir se não ficou muito claro, pois admito que isto pode ser um mindfuck, mas é que, segundo a teoria que tentei explicar acima, também não existe uma real diferença entre "vir de tempos diferentes" ou "vir de mundos diferentes". Dizer uma coisa ou outra é dizer exactamente a mesma coisa, porque a partir do momento em que alguém do passado se encontra com outro alguém do futuro, isso desencadeia o efeito borboleta e gera 4 mundos diferentes - dois divididos quando a pessoa do passado saiu dela e mais dois quando a pessoa do futuro o fez e encontrou alguém do passado.

Yep @_@ Por isso que não acredito lá na teoria do "paradox", mas sim no "efeito borboleta". Tem uma frase que, se não me engano é "nada se cria, nada se perde, tudo se transforma" que eu gosto muito. Logo não consigo imaginar que as goggles (por exemplo) causem paradox.

Assim como, no filme de Harry Potter (não cheguei a ler os livros, malz), quando o Harry está em apuros e ele vê alguém usando o Spectrum Patronus para salvá-lo, ele acredita que era outra pessoa...

Mas depois, quando ele e a Hermione voltam ao passado, este mesmo Harry vê ele mesmo sendo atacado e realiza o tal feitiço... Logo ele descobre que quem tinha visto foi ele mesmo xDD Acho win essa cena *w*

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por A7ac4ma em Sab Nov 24, 2012 4:18 pm

Rayana Wolfer escreveu:BEST TOPIC EVER xDDD
Rayana Wolfer escreveu:
O Megid comentou no twitter uma vez que também é doido por este tipo de coisa. xD
INDEED! I love this kind of stuff!

Rayana Wolfer escreveu:

Esta imagem representa exactamente a forma como eu vejo a existencia do Multiverso. A cada escolha que nos é apresentada são criados novas versões do nosso mundo onde em cada um deles escolhemos uma opção diferente, e dependendo da gravidade das escolhas os resultados podem variar muito ou pouco do Universo original. Tendo em conta o numero de pessoas (e criaturas) existentes no nosso mundo constantemente a fazerem decisões podemos dizer que o numero de possibilidades é infinito.

Em Digimon, dá para ver mais ou menos isto. Por exemplo, no mundo de Adventure e Tamers, o Mundo Digital foi criado depois do Mundo real, com base em programas de inteligencia artificial na rede informatica, no entanto em Xros Wars foi-nos dada a informação de que o Mundo Digital deste universo existia á muito mais tempo do que o Mundo Real, e que só depois é que o Mundo Digital começou a apanhar interferencias e foi influênciado pela tecnologia dos humanos. Ou seja, neste mundo houve algum evento que fez com que o Mundo Digital fosse criado primeiro que o Humano e desta forma fez com que as coisas se desenrolassem diferentemente.


Daisuke Kaizaa escreveu:Há quem reclamou dizendo que deveria ter colocado, no crossover, o Taichi de ZT junto com o Daisuke. Ou que o Daisuke deveria aparecer com as goggles antigas e que daria um time paradox por causa de dois item iguais, de tempos diferentes, estarem no mesmo lugar.

Teoricamente isso só seria um problema caso ambos os itens entrassem em contacto um com o outro, aí sim, ambos estariam ao mesmo tempo no mesmo espaço fisico. O que se passou foi que estavam simplesmente muito perto, mas não exactamente no mesmo sitio.
avatar
A7ac4ma
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

100%
Masculino Mensagens : 455
Data de inscrição : 22/08/2011
Idade : 24
Localização : Tuga Land
Mensagem Pessoal : Haters gonna Hate

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Rayana em Sab Nov 24, 2012 5:03 pm

LOL! Passou-me imagem do Taichi e do Daisuke darem um Hi5 em Hunters e por alguma razão as goggles tocarem uma na outra e todo o universo de Hunters implodiria xDDDDD

Mas sinceramente, nem vejo porque algo assim aconteceria - acho que é daquelas teorias que devem ter nascido em algum fandom de alguma série famosa tipo star trek, porque pessoalmente não consigo perceber como é que isso seria problema.

Imaginando que as duas goggles se tocam e colidem uma com a outra, no máximo, as goggles do Taichi ficariam com um risco que as do Daisuke já teriam (por conta do seu passado) - ficando a do Daisuke com um 2º risco quando colidissem.

São o mesmo objecto apenas porque partilham de um passado comum, mas a partir do instante em que saem da matriz e se desviam para outro ponto da espiral do tempo / cadeia de possibilidades, passam a ser 2 objectos diferentes. Iguais, mas distintos.
avatar
Rayana
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

100%
Feminino Mensagens : 1766
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 28
Localização : Portugal
Mensagem Pessoal : Born to be wild.

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Kamirisu JxS em Dom Nov 25, 2012 7:27 am

Pensemos assim, de uma forma mais fácil:

"Goggles do Taichi" - comprimento, largura, altura e tempo x.
"Goggles do Daisuke" - comprimento, largura, altura e tempo y.

A partir do momento que diferem na 4ª dimensão, são considerados diferentes e portanto, podem coexistir, sem haver nenhum tipo de catástrofe. Se colocarmos, por exemplo, o caso dos goggles do Taichi e do V-Taichi, temos:

"Goggles do Taichi" - comprimento, largura, altura, tempo e "plano" x.
"Goggles do V-Taichi" - comprimento, largura, altura, tempo e "plano" y.

Neste caso tem o mesmo tempo, só diferem na 5ª dimensão.

Daisuke Kaizaa escreveu:Shoutmon, isso é de um CD Drama ò_ó E eu linkei fio, mas tá aqui: (...)

Btw, quem ficar confuso... É o próprio Daisuke conversando com ele mais novo. A atriz vocal dele é uma das minhas favoritas *w* Tipo, a faixa é todinha com ela, e se duvidarem, basta ouvirem outra personagem que ela fez e que recebeu este mesmo tom (ou assistir a cena que o Daisuke aparece com uns 6 anos em "Hurricane Touchdown") - Shinichi
Sim, eu sei, já tinha ouvido o CD Drama. Estava a perguntar em relação ao facto dele ter-se encontrado com ele mais novo. De qualquer maneira, já me esclareceste. Mas, como raios o "eu" passado dele foi parar ali? o_O

Daisuke Kaizaa escreveu:Assim como, no filme de Harry Potter (não cheguei a ler os livros, malz), quando o Harry está em apuros e ele vê alguém usando o Spectrum Patronus para salvá-lo, ele acredita que era outra pessoa...

Mas depois, quando ele e a Hermione voltam ao passado, este mesmo Harry vê ele mesmo sendo atacado e realiza o tal feitiço... Logo ele descobre que quem tinha visto foi ele mesmo xDD Acho win essa cena *w*
Na 3º OVA de Fairy Tail também acontece algo parecido. O Natsu possuía uma cicatriz desde criança que tinha sido feita pelo seu "eu" futuro quando viajou para o passado. O engraçado é que ele, sempre que se lembrava do momento, sentia medo de quem o atacou, ou seja, dele próprio (não é de estranhar, parecia o demónio naquele momento xD).
avatar
Kamirisu JxS
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

100%
Masculino Mensagens : 354
Data de inscrição : 09/09/2012
Idade : 20

http://www.digimonville.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Dragon em Dom Nov 25, 2012 12:38 pm

Me lembrei de algo que li a muito tempo atrás, falando sobre "As 10 dimensões", onde a quarta dimensão era o tempo e a quinta a passagem deste ou as "possibilidades". A teoria é que, da mesma forma que os objetos contidos nas três dimensões podem ser moldados ou modificados, o mesmo aconteceria com o tempo. (http://www.youtube.com/watch?v=0ca4miMMaCE Esse video explica bem direitinho e é bem interessante. As teorias sobre as outras dimensões são ainda mais ligadas a esse tema).

Also, me faz lembrar uma frase engraçada que ouvi uma vez: "Se alguém no futuro tivesse inventado a viagem no tempo, nós já saberíamos" xD

Algo que é engraçado de se pensar é nas implicações do multiverso. Falando a groço modo, significa que qualquer possibilidade necessariamente tem que ter sido realizada em algum multiverso, o simples fato de você conseguir imaginar tal possibilidade significa que ela precisa ter sido "preenchida". Isso significa que, por exemplo, pode existir um universo onde o Taichi é uma menina e trocou uma versão masculina da Sora para ficar com o Jou HAUAHUAHAUHAUHA
avatar
Dragon
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

100%
Masculino Mensagens : 1767
Data de inscrição : 22/09/2011
Idade : 23
Localização : Gentlemen Land
Mensagem Pessoal : Why so british? Let's put a monocle on that face!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Rayana em Dom Nov 25, 2012 1:56 pm

Indiana Dragon escreveu:http://www.youtube.com/watch?v=0ca4miMMaCE

/\
Nice, porque isto é o que aprendemos logo nas primeiras aulas de desenho. Só que para mim esse conceito de 4ª dimensão sempre foi um absurdo...

Tipo, pensem comigo: assumindo que temos esse conceito tridimensional do espaço - primeiro, existe o ponto (sem dimensão), depois temos a linha (1ª dimensão), a superfície (2ª dimensão) e o volume (3ª dimensão). Até aí, tudo bem.

Mas e a 4ª dimensão? Isso de imaginar uma "cobra" que une posição A a posição B, na minha opinião, é um absurdo ideológico onde apenas acrescenta-se mais um volume. Aumentar um volume significa permanecer no volume, por mais que ele seja multiplicado por si próprio.

Para podemos falar de 4ª dimensão, temos que acrescentar algo que a 3ª dimensão não tem. Ora, se sabemos que o espaço dimensional é governado por 3 fases: linha, superfície e volume - significa que para falar do que vem a seguir à "3ª dimensão", não podemos permanecer no espaço - temos que transcendê-lo.

Em essência, aquilo que chamamos de 1ª, 2ª e 3ª dimensões não passam de 3 fases que compõem uma só dimensão, que é a espacial.
O espaço só acaba quando o "onde" é transformado em "quando". Isto é possível quando o volume ganha movimento.

Portanto, se a primeira trindade é composta pela LINHA x SUPERFÍCIE x VOLUME (fases 1, 2 e 3 da dimensão espacial), significa que a trindade seguinte transcende esses conceitos e adiciona a fase do MOVIMENTO, cronometrado pelo TEMPO e impulsionado pela VONTADE.

Algo acrescenta-se ao espaço; há uma fase nova (a quarta dimensão que procuramos), mas num sistema diferente: a trindade seguinte.

Isto significa sair da matemática e geometria para entrar num ramo filosófico-existencial. Só assim faz sentido falar de outras dimensões além daquilo que chamamos de "3ª dimensão" (o volume). Dimensões superiores àquela em que nos encontramos só podem estar para além da natureza daquela em que nos encontramos.

Significa que há trindades que sucedem-se umas às outras, numa espiral de evolução. A seguir à Vontade temos uma nova trindade, talvez, governada pelo Pensamento (o Ser).

É por isto que eu gosto da teoria de mundos existentes na Esfera do "Pensamento/Sonhos/Vontades" que esbocei da 1ª vez que postei aqui sobre o multi-universo em Digimon - é porque ela converge com a minha percepção de multi-universo na vida real e ultrapassa esse conceito meramente matemático e delirante de 4ª dimensão que acho errado. xDD


Podíamos ainda discutir a Matéria e o conceito de Energia, mas já nem quero ir tão longe...
avatar
Rayana
Ultimate (Kyuukyokutai)
Ultimate (Kyuukyokutai)

100%
Feminino Mensagens : 1766
Data de inscrição : 19/08/2011
Idade : 28
Localização : Portugal
Mensagem Pessoal : Born to be wild.

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por RukasuStorm em Dom Nov 25, 2012 3:55 pm

Eu acho o conceito de Tempo como quarta dimensão mais fácil se você pegar o exemplo dos Goggles que o Shoutmon DX deu lá em cima.

Temos um ponto no R3. Supondo, (1,2,x), a infinitos pontos distintos que satisfazem esta coordenada, o que diferencia eles é a variável x. O ponto (1,2,3) é um, o ponto (1,2,4) é outro, e assim vai.

Assim como ele mencionou, você usa o tempo como uma quarta variável. Haveria dois pontos distintos com (1,2,3) como coordenadas, se você considerasse o tempo que eles estavam? Algo como, (1,2,3,x) e (1,2,3,y). Estão no mesmo lugar no espaço, mas não no mesmo tempo, então, seriam pontos distintos.

Wtv, foi assim que eu compreendi, e acho que eu expliquei de uma forma muito ruim
avatar
RukasuStorm
Child (Seichouki)
Child (Seichouki)

100%
Masculino Mensagens : 312
Data de inscrição : 26/11/2011
Idade : 23
Localização : Montes Claros - MG, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Convidado em Dom Nov 25, 2012 4:21 pm

(just an off-topic, ignore it.)

Shoutmon DX escreveu:
Daisuke Kaizaa escreveu:Shoutmon, isso é de um CD Drama ò_ó E eu linkei fio, mas tá aqui: (...)

Btw, quem ficar confuso... É o próprio Daisuke conversando com ele mais novo. A atriz vocal dele é uma das minhas favoritas *w* Tipo, a faixa é todinha com ela, e se duvidarem, basta ouvirem outra personagem que ela fez e que recebeu este mesmo tom (ou assistir a cena que o Daisuke aparece com uns 6 anos em "Hurricane Touchdown") - Shinichi
Sim, eu sei, já tinha ouvido o CD Drama. Estava a perguntar em relação ao facto dele ter-se encontrado com ele mais novo. De qualquer maneira, já me esclareceste. Mas, como raios o "eu" passado dele foi parar ali? o_O

... You must be KIDDING me.

Apenas citei por se tratar de mostrar dois Daisukes, assim como Adventure mostrou dois Taichis. Ok, o caso do Daisuke não teve nenhum sentido de multiverso e talz, como a cena dos Taichis possa ter.

Aquilo é mais na forma poética, o Daisuke está a refletir e a falar consigo mesmo. O "Daisuke mais novo" não veio magicamente do passado e talz, ele não cria um futuro alternativo, ele apenas é uma conversa mental entre o "eu passado" e o "eu presente".

Logo, o Daisuke mais velho está refletindo sobre o que ele se tornou -- Uma pessoa forte e destemida, como ele tanto desejava ser.

Se não percebeu, quando a conversa se encerra, há um "som" como se fosse um vento ou algo que dá a entender que era uma ilusão dele. Não tinha outra criança/Daisuke na realidade, apenas um, e este estava a falar sozinho.

Btw, é mais no sentido poético. Mas como o CD Drama não cita onde ele estava naquele momento... Pode ter acontecido em qualquer canso -- Em casa, na escola... ou na DW.

Btw off, mas não deu pra... aguentar x.x;

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Sir Galahad em Dom Dez 23, 2012 8:27 am

Postando o que está escrito no vídeo.

Um ponto (nenhuma dimensão): Nós começamos com um ponto. Tal como o ponto que nós conhecemos na geometria, ele não tem tamanho, nem dimensão. É apenas uma idéia imaginária que indica uma posição em um sistema.

1. A Primeira Dimensão – Uma Linha: Um segundo ponto, então, pode ser usado para indicar uma posição diferente, mas também é de tamanho indeterminado. Para criar a primeira dimensão, nós precisamos é de uma linha que une dois pontos quaisquer. Um objeto unidimensional tem apenas comprimento, sem largura ou profundidade.

2. A Segunda Dimensão - Uma Bifurcação: Se tomarmos agora a nossa primeira linha unidimensional e desenharmos uma segunda linha que passa pela primeira, teremos entrado na segunda dimensão. O objeto que estamos representando agora tem um comprimento e uma largura, mas é sem profundidade. Para nos ajudar a imaginar as dimensões superiores, nós vamos representar o nosso objeto bidimensional como sendo criado com uma segunda linha que se bifurca a partir do primeiro. Agora, vamos imaginar uma raça de criaturas da segunda dimensão chamada “Flatlanders”. Qual seria a sensação de ser uma forma de vida Flatlander em seu mundo bidimensional? Uma criatura bidimensional teria apenas comprimento e largura, como se fosse um desenho de uma carta de baralho incrivelmente plana. Imagine isto: um Flatlander não poderia ter um aparelho digestivo, porque a tubulação da sua boca ao seu reto o dividiria em dois pedaços! E um Flatlander tentando ver o nosso mundo tridimensional só seria capaz de perceber formas em duas dimensões cortadas. Um balão que passa pelo mundo Flatlander, por exemplo, começaria como um pequeno ponto, viraria um círculo oco que, inexplicavelmente, cresce até certo tamanho, em seguida, recua para um ponto antes de avançar para fora da existência. E nós, seres humanos tridimensionais, parecemos muito estranhos para um Flatlander.

3. Terceira Dimensão – Uma Dobra: Imaginando a terceira dimensão é mais fácil para nós, porque estamos nela em cada momento de nossas vidas. Um objeto tridimensional tem comprimento, largura e altura. Mas aqui está outra maneira de descrever a terceira dimensão: Se imaginarmos uma formiga andando através de um jornal que está deitado sobre uma mesa, podemos fingir que a formiga é um Flatlander, andando em um mundo plano bidimensional do jornal. Se o papel for dobrado ao meio, nós criamos um caminho para a nossa formiga Flatlander “magicamente” desaparecer de uma posição em seu mundo bidimensional e ser imediatamente transportada para outra. Podemos imaginar que nós fizemos isto tomando um objeto bidimensional e o dobramos, através da vertente acima, que é a nossa terceira dimensão. Mais uma vez, vai ser mais conveniente para nós imaginarmos as dimensões superiores se pudermos pensar em terceira dimensão desta maneira: a terceira dimensão é o que você “dobra” para saltar de um ponto a outro na dimensão abaixo .

4. A Quarta Dimensão – Uma Linha: Certo. As primeiras três dimensões podem ser descritas com estas palavras: “Comprimento, largura e profundidade”. Que palavra podemos atribuir à quarta dimensão? Uma resposta seria: “duração”. Se pensarmos em nós mesmos como éramos um minuto atrás, e então nos imaginar como estamos neste momento, a linha que poderíamos traçar da versão de um minuto atrás para a de agora seria uma linha na quarta dimensão. Se você pudesse ver o seu corpo na quarta dimensão, seria como uma cobra muito ondulada, com a sua versão como embrião em uma extremidade e sua versão falecida na outra. Mas como vivemos a cada momento na terceira dimensão, somos como o nosso Flatlander bidimensional. Assim como aquele Flatlander que só conseguia ver cortes bidimensionais de objetos da dimensão acima, criaturas tridimensionais só podem ver cortes tridimensionais de nossa versão quadridimensional.

5. A Quinta Dimensão – Uma Bifurcação: Um dos aspectos mais intrigantes da existência de uma dimensão empilhada em outra é que aqui nas dimensões abaixo, podemos ter consciência do nosso movimento nas dimensões acima. Aqui está um exemplo simples: se fizermos uma fita de Möbius (pegue uma longa tira de papel, adicione uma reviravolta nela e junte as extremidades com fita adesiva) e traçarmos uma linha pelo comprimento da mesma, a nossa linha estará eventualmente em ambos os lados do papel antes de se encontrar com o início dela mesma. Ao que parece, a fita tem apenas um lado, por isso deve ser uma representação de um objeto bidimensional. E isto significa que um Flatlander bidimensional viajando pela linha que acabamos de desenhar acabaria por voltar onde começou, sem nunca sentir como se tivesse deixado a segunda dimensão. Na realidade, eles estariam dando reviravoltas na terceira dimensão, mesmo que sentissem como se estivessem viajando em uma linha reta. A quarta dimensão, o tempo, é sentida como uma linha reta por nós, movendo-se do passado para o futuro. Mas essa linha reta na quarta dimensão está, como a fita de Möbius, na verdade, se torcendo e girando na dimensão acima. Então, a serpente longa e ondulante que somos nós a qualquer momento particular vai se sentir como se estivesse se movendo em linha reta no tempo, a quarta dimensão, mas na verdade haverá, na quinta dimensão, uma infinidade de caminhos para os quais poderíamos ramificar a qualquer momento. Esses ramos serão influenciados por nossa própria escolha, pela probabilidade, e pelas ações dos outros. A física quântica nos diz que as partículas subatômicas que compõem nosso mundo são geradas a partir das ondas de probabilidade, pelo simples ato de observação. Na figura que estamos desenhando de nós mesmos aqui, podemos agora começar a ver como cada um de nós está desmoronando a onda indeterminado de futuros prováveis contidos na quinta dimensão para virar a linha de quarta dimensão que estamos vivendo como “tempo”.

6. A Sexta Dimensão – Uma Dobra: E se você quisesse ir para trás, na sua própria infância, e visitar você mesmo? Podemos imaginar dobrar a quarta dimensão através da quinta, saltando para trás através do tempo e espaço para chegar lá. Mas e se você quiser chegar a um mundo onde, por exemplo, você tinha criado uma grande invenção quando era criança, que agora te fez famoso e rico? Podemos imaginar a nossa versão quadridimensional ramificando para fora do nosso momento atual para a quinta dimensão, mas não importa para onde você vai, pois a partir daqui o “grande inventor desde criança” não é uma das opções disponíveis na sua versão atual do tempo – ” você não pode chegar lá a partir daqui “- não importa o quanto a escolha, o acaso, e as ações dos outros se envolverem. Existem apenas duas maneiras pelas quais você poderia chegar a esse mundo – uma seria viajar de volta no tempo, e de alguma forma provocar os principais eventos que fizeram com que você criasse sua invenção, e em seguida, viajar pra frente na quinta dimensão para ver um dos possíveis novos mundos que poderiam existir como resultado. Mas isso seria tomar o caminho mais longo. O atalho que poderíamos tomar seria dobrar a quinta dimensão através da sexta dimensão, o que nos permite saltar de imediato, da nossa posição atual para uma quinta linha de uma dimensão diferente.

7. A Sétima Dimensão – Uma Linha: Em nossa descrição da quarta dimensão, podemos imaginar tomar a dimensão abaixo e concebê-la como um único ponto. A quarta dimensão é uma linha que pode unir o universo como era um minuto atrás, para o universo como ele é agora. Ou na maior imagem possível, poderíamos dizer que a quarta dimensão é uma linha que une o Big Bang para um dos finais possíveis do nosso universo. Agora, quando entramos na sétima dimensão, estamos a ponto de imaginar uma linha que trata de toda a sexta dimensão, como se fosse um único ponto. Para isso, temos que pensar em todas as linhas de tempo possível, o que poderia ter começado de nosso Big Bang se juntando a todos os finais possíveis para o nosso universo (um conceito que muitas vezes é referido como infinito), e tratá-los como um único ponto. Assim, para nós, um ponto na sétima dimensão seria o infinito – todos os momentos possíveis que poderiam ter ou terão ocorrido em nosso Big Bang.

8. A Oitava Dimensão – Uma Bifurcação: Quando descrevemos o infinito como sendo um “ponto” na sétima dimensão, estamos apenas imaginando parte da imagem. Se nós estamos desenhando uma linha sétima dimensão, precisamos ser capazes de imaginar o que um ponto “diferente” na sétima dimensão vai ser, porque é isso que a que a nossa linha será associada. Mas como pode haver algo mais do que o infinito? A resposta é, pode haver outras infinidades completamente diferentes criadas através de condições iniciais que são diferentes do nosso próprio Big Bang. Diferentes condições iniciais irão criar universos diferentes, onde as leis físicas como a gravidade ou a velocidade da luz não são as mesmas que as nossas, e os ramificações resultantes do início daquele universo para todas as suas terminações possíveis poderá criar uma infinidade que é completamente separada da que é associada com o nosso próprio universo. Assim, a linha que traçamos na sétima dimensão irá juntar um desses infinitos com outro. E, por mais incompreensível que a magnitude do que estamos explorando aqui possa ser, se tivéssemos que ramificar a partir dessa linha heptadimensional outra linha para outra infinidade, isso seria, então, entrar na oitava dimensão.

9. A Nona Dimensão - Uma Dobra: Como nós já exploradas, podemos saltar de um ponto em qualquer dimensão para outro simplesmente dobrando-lo através da dimensão acima. Se a nossa formiga no jornal for um Flatlander bidimensional, dobrando seu mundo bidimensional através da terceira dimensão lhe permitiria magicamente desaparecer de um lugar e aparecem em um diferente. Como agora estamos imaginando a nona dimensão, as mesmas regras se aplicam – se fôssemos capazes de instantaneamente saltar de uma linha da oitava dimensão para outra, seria porque fomos capazes de dobrar pela nona dimensão.

10. A Décima Dimensão – Um Ponto? Antes de discutirmos a primeira dimensão, poderíamos dizer que começamos com a dimensão zero, que é o conceito geométrico do ponto. Um ponto indica um local em um sistema, e cada ponto é de tamanho indeterminado. A primeira dimensão, em seguida, toma dois desses pontos e junta-los com uma linha. Quando imaginamos a quarta dimensão, era como se estivéssemos tratando a totalidade do espaço tridimensional em um determinado estado como um único ponto, e desenhássemos uma linha quadridimensional para outro ponto que representa o espaço como ele está em um momento diferente. Nós muitas vezes nos referimos à linha que acabamos de desenhar como “tempo”. Em seguida, na sétima dimensão, nós tratamos de todos os momentos possíveis que poderiam ser gerados pelo nosso “Big Bang” como se isso fosse um único ponto, e imaginamos desenhar uma linha a um ponto que representa todos os prazos possíveis para um universo completamente diferente. Agora, quando entramos na décima dimensão, temos de imaginar todas as ramificações possíveis para todos os momentos possíveis de todos os universos possíveis e tratar isso como um ponto único na décima dimensão. Ufa! Até agora, tudo bem. Mas aí é onde nós batemos num obstáculo: se nós fôssemos imaginar a décima dimensão como a continuação do ciclo, sendo uma linha, então nós vamos ter que imaginar outro ponto para o qual podemos traçar essa linha. Mas não há nenhum lugar para ir! Quando temos todas as linhas do tempo imaginado possível para todos os universos possíveis como sendo um único ponto na décima dimensão, parece que nossa jornada terminou. Na teoria das cordas, os físicos dizem que supercordas vibrando na décima dimensão são o que criam as partículas subatômicas que compõem o nosso universo, e todos os outros universos possíveis também. Em outras palavras, todas as possibilidades estão contidas na décima dimensão, o que parece ser o conceito que nós acabamos de construir para nós mesmos, quando imaginamos as dez dimensões, construídas uma sobre a outra.

Créditos a um cara chamado Diego Machado. (?)
avatar
Sir Galahad
Baby 1 (Younenki I)
Baby 1 (Younenki I)

100%
Masculino Mensagens : 29
Data de inscrição : 20/12/2012
Idade : 21
Localização : Brusque, Santa Catarina, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Multiversos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum